Artigos

Tempo de Deus conosco

Artigo escrito para a edição de 23 de dezembro de 2017 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

10Depois, o SENHOR enviou esta mensagem ao rei Acaz: 11“Peça ao SENHOR, seu Deus, um sinal de confirmação. Pode ser algo difícil, alto como os céus ou profundo como o lugar dos mortos”.

12O rei Acaz, porém, respondeu: “Não porei o SENHOR à prova desse modo”.

13Então o profeta disse: “Ouçam bem, descendentes de Davi! Não basta esgotarem a paciência das pessoas? Agora também querem esgotar a paciência de meu Deus? 14Por isso, o Senhor mesmo lhes dará um sinal. Vejam! A virgem ficará grávida! Ela dará à luz um filho e o chamará de Emanuel. 15Quando essa criança tiver idade suficiente para escolher o bem e rejeitar o mal, comerá coalhada e mel. 16Pois, antes de a criança chegar a essa idade, as terras dos dois reis que vocês tanto temem ficarão desertas. (Isaías 7.10-16)

Deus conosco: promessa de vida. Deus conosco é mais que uma promessa, hoje é realidade. Ele está conosco e nos oferece vida. Uma vida com propósito definido, de ser servo do menino que veio como promessa e viveu para que tenhamos vida. O que te impede de, hoje, buscar a vida que só em Jesus podemos ter? A vida que nos é oferecida é eterna, não finda com a morte e podemos começar a desfrutar, desde já, dos benefícios desta vida verdadeira. Paz, mansidão, fé, alegria, graça, gratidão, felicidade, simplicidade, justiça são valores que nos são legados por JAVÉ e dos quais nós podemos viver hoje, pois ele já é Deus conosco.

Continue lendo “Tempo de Deus conosco”

Anúncios
Artigos

Teologia faz bem?

Artigo escrito para a edição de 16 de dezembro de 2017 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

“Cabral e Adriana Ancelmo são aprovados em curso de teologia”. A noticia correu a boca do povo, principalmente nas redes sociais, e os comentários, fundamentados apenas na chamada da matéria, eram dos mais sensatos aos mais sem pé nem cabeça. Em nota, a Faculdade Batista se limitou a dizer “Destacamos que os detentos passam pelos mesmos critérios de correções de notas e redação, como qualquer outro candidato que se dispõe à vaga, sem regalias, privilégios ou coerções de terceiros”. Mas, afinal, é tão ruim assim estudar teologia?

Não vou entrar no mérito do casal, visto que o próprio ex-governador afirmou por meio de seu advogado que o curso foi escolhido “porque era o curso oferecido neste momento”. Cabral não foi o primeiro detento conhecido a se matricular em teologia. Em 2013 Fernandinho Beira Mar se matriculou no mesmo curso. O que quero chamar sua atenção não é para o recurso do estudo como forma de diminuição de pena, mas sim no fato do curso de teologia ser oferecido, dentre tantos outros, no sistema penitenciário do Estado do Rio de Janeiro.

Continue lendo “Teologia faz bem?”

Artigos

Tempo de gratidão

Artigo escrito para a edição de 9 de dezembro de 2017 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

Exílio. Quando falamos esta palavra, os mais antigos lembrar-se-ão dos exilados políticos, da época da ditadura militar. Os mais jovens talvez a desconheçam. Exílio não é associado apenas ao desterrar-se alguém, mas também à solidão e ao retirar-se do convívio social. Falo do exílio pois o texto da nossa meditação de hoje é um cântico de alegria pelo retorno do exílio. Hoje vamos falar do Advento: tempo de gratidão.

1Quando o SENHOR trouxe os exilados de volta a Sião, foi como um sonho. 2Nossa boca se encheu de riso, e cantamos de alegria. As outras nações disseram: “O SENHOR fez coisas grandiosas por eles”. 3Sim, o SENHOR fez coisas grandiosas por nós; que alegria! 4Restaura, SENHOR, nossa situação, como os riachos revigoram o deserto. 5Os que semeiam com lágrimas colherão com gritos de alegria. 6Choram enquanto lançam as sementes, mas cantam quando voltam com a colheita. (Salmo 126)

Continue lendo “Tempo de gratidão”

Artigos

Mudança

Somos temporais. Lidamos com o tempo e, muitas vezes, lutamos com ele. O tempo passa. O sábio escreveu “E sei que tudo que Deus faz é definitivo; não se pode acrescentar ou tirar nada. O propósito de Deus é que as pessoas o temam” (Eclesiastes 3.14). Tudo o que Deus faz é definitivo. Ele assim o determinou e assim acontece. Um pouco antes, o mesmo sábio afirmou que “E, no entanto, Deus fez tudo apropriado para seu devido tempo. Ele colocou um senso de eternidade no coração humano, mas mesmo assim ninguém é capaz de entender toda a obra de Deus, do começo ao fim. Concluí, portanto, que a melhor coisa a fazer é ser feliz e desfrutar a vida enquanto é possível” (Eclesiastes 3.11-12).

A melhor coisa a se fazer é ser feliz. A nossa vida, por vezes, toma rumos inesperados. Deus nos conduziu, em 2013, de São Paulo para Araraquara. Aprouve a Deus, em 2018, nos levar de volta para São Paulo. Assim, no próximo ano não serei mais pastor da IPI Araraquara, SP, mas assumirei, com a graça de Deus, a IPI Tucuruvi, em São Paulo, SP.

Deus conduziu todo o processo, da decisão de minha saída de Araraquara ao convite pela Igreja do Tucuruvi, ensinando a mim e minha família como confiar e crer que ele tudo provê.

Araraquara estará marcada eternamente em nossos corações. Nosso menino Antônio cresceu até os cinco anos aqui, deu seus primeiros passos e aprendeu suas primeiras palavras. Nosso menino José nasceu aqui, um araraquarense que Deus nos deu para nos ligar eternamente com a cidade que aprendemos a amar.

À IPI Araraquara, minha gratidão por cinco anos de amizade e muita confiança, firmados na Palavra de Deus. Nossa amizade é para a eternidade.

À IPI Tucuruvi, minha gratidão por confiar em mim e pelo convite. Caminharemos juntos, com a graça de Deus!

Estamos de volta à São Paulo.

Família Alecrim
Giovanni, Tatiana, Antônio e José

Artigos

O preço de ser justo

Artigo escrito para a edição de 2 de dezembro de 2017 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

Qual deve ser a nossa reação diante da corrupção? Quando olhamos para o noticiário e vemos a quantidade de notícias de corrupção, se sobrepondo umas as outras, qual deve ser a nossa reação? Buscar a justiça é diferente de desejar justiça. Quando desejamos justiça, é apenas um desejo, mas quando a buscamos, agimos para tal, e isto nos trará consequências.

Continue lendo “O preço de ser justo”