Artigos, Sermões

Viva em paz

Eu, o SENHOR Todo-Poderoso, tinha ordenado isto ao povo: “Sejam honestos e corretos e tratem uns aos outros com bondade e compaixão. Não explorem as viúvas, nem os órfãos, nem os estrangeiros que moram com vocês, nem os pobres. E não façam planos para prejudicar os seus patrícios.” Porém eles se revoltaram e não quiseram obedecer. Viraram as costas para mim e taparam os ouvidos para não ouvir as minhas ordens. (Zacarias 7.9-11) NTLH

O livro do profeta Zacarias foi escrito com o propósito de denunciar a infidelidade do povo de Javé que retornara do exílio e que não cumpria suas obrigações. Entre denúncias e palavras de exortação, Zacarias encoraja o povo a se arrepender e a permanecer fiel a Javé. O capítulo 7 é um convite ao arrependimento e aponta para o jejum que agrada a Javé. É no capítulo 7, ainda, que Zacarias aponta a razão do cativeiro: a desobediência. As palavras de Javé, no início do verso nove, são diretrizes de como o povo deveria agir. Estas palavras que quero destacar para nossa meditação hoje.

Continue lendo “Viva em paz”

Anúncios
Sermões

Sexta-feira da Paixão

14Visto, portanto, que temos um grande Sumo Sacerdote que entrou no céu, Jesus, o Filho de Deus, apeguemo-nos firmemente àquilo em que cremos. 15Nosso Sumo Sacerdote entende nossas fraquezas, pois enfrentou as mesmas tentações que nós, mas nunca pecou. 16Assim, aproximemo-nos com toda confiança do trono da graça, onde receberemos misericórdia e encontraremos graça para nos ajudar quando for preciso. (Hebreus 4:14-16) (NVT)

A carta aos Hebreus é um dos textos mais desafiadores para lermos no Novo Testamento. Afirmo isto sem medo de errar. As imagens narradas pelo autor nos fazem ir diretamente ao Antigo Testamento. E aí está a nossa dificuldade. Há ritos, práticas e elementos que não dominamos nem conhecemos muito bem. Por isso mesmo, ler a carta aos Hebreus torna-se tão difícil. Para se construir a imagem que o autor nos apresenta, é preciso primeiro conhecer esta tradição e estes elementos. Não obstante a dificuldade de se ler Hebreus, a carta é um convite ao reconhecimento de que Jesus é o Filho de Deus, o Messias prometido, que é superior a Moisés, a Arão e qualquer outro sacerdote que tenha existido ou que venha a existir. Ele é o salvador e nele perseveramos diante das adversidades. É o que devemos crer e ter em mente quando lemos a carta aos Hebreus.

Continue lendo “Sexta-feira da Paixão”

Multimídia, Sermões

Alegria de Viver: Quebrando a Rotina

Multimídia, Sermões

Alegria de Viver: Dinheiro não é tudo

Multimídia, Sermões

Alegria de Viver: Aproveite a vida