Artigos

Cidade maravilhosa, cidade religiosa

O Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa. Como todo aglomerado urbano, a cidade tem grandes problemas, no entanto, a cidade é uma cidade profundamente esperançosa, o que a torna profundamente alegre. O que a torna assim, principalmente nesta época do ano? Sua profunda religiosidade é uma das marcas da cidade. Começa pelos cartões postais: Cristo Redentor, braços abertos sobre a cidade, cantado como o abençoador da cidade do Rio de Janeiro. Catedral da Candelária, Catedral Presbiteriana e Santuário Nossa Senhora da Penha são alguns exemplos. Poderíamos listar as rodas de samba, com grande presença de manifestações religiosas nas composições dedicadas a santos, orixás e outros deuses. O que dizer da festa mais popular do país, o Carnaval, festa de preparo para a Quaresma. Pois é, até a principal festa da cidade é religiosa, embora não pareça. Se prestarmos atenção aos desfiles, lá está a religião: evocação da bênção de santos e guias no início do desfile, a ala das baianas, os temas religiosos dos sambas, enfim, há religião por toda parte no Rio de Janeiro.

Continue lendo “Cidade maravilhosa, cidade religiosa”

Anúncios
Artigos

MC Diguinho: respeito e dignidade

Artigo escrito para a edição de 28 de janeiro de 2018 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

O polêmico funk de MC Diguinho foi pauta esta semana nos mais diversos círculos. Sites de entretenimento, grupos religiosos, movimentos de defesa dos direitos da mulher, enfim, de toda parte houveram manifestações contrárias à letra e questionando os limites do artista e seu trabalho. O funk, em si, já é um estilo musical bastante controverso. Na mesma medida que diverte, traz consigo letras que objetificam a mulher, idealizam a vida criminosa e expõe comportamentos e mazelas de uma parcela considerável da população.

Há uma preocupação da classe artística, desde o ano passado, com o policiamento e cerceamento da produção de arte no país. Há limite para a arte? Como fica o “eu lírico” nestas obras? Difícil responder, até mesmo porque há quem não considere o funk como música e, portanto, não é arte. A discussão hoje, neste espaço, no entanto, não tomará este rumo. O que quero aqui é trazer o olhar de Jesus para a mulher e, especificamente, nesta questão da objetificação da mesma. O episódio é conhecido de muitos cristãos. Não cristãos com certeza já ouviram a frase “aquele que não tem pecados atire a primeira pedra”. Estou falando do encontro de Jesus e a mulher pega em adultério.

Continue lendo “MC Diguinho: respeito e dignidade”

Artigos

O garoto da foto

Artigo escrito para a edição de 13 de janeiro de 2018 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

Como uma foto de um menino sozinho despertou discussões sobre amizade, fé e esperança.

A foto de Lucas Landau rodou o Brasil. Foi assunto nas redes sociais, nas conversas entre amigos e até destaque nos jornais televisivos. A cena do menino, de pé na praia, recém-saído da água, com frio natural de quem, molhado, se expõe ao tempo sem sol, escuro, mas com o olhar fixo e fascinado com o explodir dos fogos à beira mar. Ao fundo, a multidão se abraçava, comemorava a chegada de 2018, ignorando que ali, poucos metros mar a dentro, uma criança se fascinava com a chegada de um novo ano. A iluminação, o foco, a composição da imagem, tudo mérito de Landau, que brilhantemente captou aquele momento e nos possibilitou, como ele mesmo afirmou, diversas interpretações daquele momento.

Continue lendo “O garoto da foto”

Artigos

Feliz 2018

Artigo escrito para a edição de 30 de dezembro de 2017 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

Todo final de ano é a mesma rotina. Inconscientemente somos levados a refletir sobre o ano que passou e nos vemos a fazer planos para o próximo ano. É natural que isto aconteça pois estamos encerrando um ciclo de contagem do tempo e recomeçando. Mesmo que nada mude da noite do dia 31 de dezembro para a manhã do dia 1º de janeiro, ainda assim, criamos expectativas e alimentamos sonhos.

Passou o natal. O fim do ano está por pouco e vem aí um ano novo, completamente novo para cada um de nós! O que aconteceu neste ano que você levará como aprendizado para o ano que vem? Como você encara este novo ano que, em poucos minutos, começará? Deus tem cuidado de nós, todos os dias. Suas misericórdias se fazem presentes em nossas vidas e sua fidelidade nos dá a certeza que o ano que começa será diferente. Para isso, é preciso que estejamos dispostos a viver conforme a sua vontade.

Continue lendo “Feliz 2018”

Artigos

Tempo de Deus conosco

Artigo escrito para a edição de 23 de dezembro de 2017 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

10Depois, o SENHOR enviou esta mensagem ao rei Acaz: 11“Peça ao SENHOR, seu Deus, um sinal de confirmação. Pode ser algo difícil, alto como os céus ou profundo como o lugar dos mortos”.

12O rei Acaz, porém, respondeu: “Não porei o SENHOR à prova desse modo”.

13Então o profeta disse: “Ouçam bem, descendentes de Davi! Não basta esgotarem a paciência das pessoas? Agora também querem esgotar a paciência de meu Deus? 14Por isso, o Senhor mesmo lhes dará um sinal. Vejam! A virgem ficará grávida! Ela dará à luz um filho e o chamará de Emanuel. 15Quando essa criança tiver idade suficiente para escolher o bem e rejeitar o mal, comerá coalhada e mel. 16Pois, antes de a criança chegar a essa idade, as terras dos dois reis que vocês tanto temem ficarão desertas. (Isaías 7.10-16)

Deus conosco: promessa de vida. Deus conosco é mais que uma promessa, hoje é realidade. Ele está conosco e nos oferece vida. Uma vida com propósito definido, de ser servo do menino que veio como promessa e viveu para que tenhamos vida. O que te impede de, hoje, buscar a vida que só em Jesus podemos ter? A vida que nos é oferecida é eterna, não finda com a morte e podemos começar a desfrutar, desde já, dos benefícios desta vida verdadeira. Paz, mansidão, fé, alegria, graça, gratidão, felicidade, simplicidade, justiça são valores que nos são legados por JAVÉ e dos quais nós podemos viver hoje, pois ele já é Deus conosco.

Continue lendo “Tempo de Deus conosco”