Ano litúrgico C – 03 – Ciclo Pascal – 07 – 4º Domingo na Quaresma

Ano litúrgico C – 4º Domingo na Quaresma – Cor litúrgica: Roxa – Leituras: Josué 5.9-12; Salmo 32; 2Coríntios 5.16-21; Lucas 15.1-3, 11b-32.

 

Processional

Prelúdio

Saudação (Braços abertos, de Rev. Giovanni Alecrim)

Jesus, em sua jornada, não se negou a atender ao povo. Braços abertos, ele convida a cada um de nós para a casa de Deus! Sejam bem vindos e bem vindas à casa do Senhor!

Oração de Adoração

Chamada a Adoração (2Coríntios 5.17-18)

Oficiante: Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa; acabou- se o que era velho, e já chegou o que é novo.

Povo: Tudo isso é feito por Deus, o qual, por meio de Cristo, nos transforma de inimigos em amigos dele.

Oficiante: E Deus nos deu a tarefa de fazer com que os outros também sejam amigos dele.

 

Cântico Congregacional

Chamada à confissão (Salmo 32.3-4

Enquanto não confessei o meu pecado, eu me cansava, chorando o dia inteiro. De dia e de noite, tu me castigaste, ó Deus, e as minhas forças se acabaram como o sereno que seca no calor do verão.

 

Cântico Congregacional

Oração silenciosa

Oração de confissão

Declaração de perdão (Salmo 32.5, 1-2)

Oficiante: Então eu te confessei o meu pecado e não escondi a minha maldade.

Povo: Resolvi confessar tudo a ti, e tu perdoaste todos os meus pecados.

Oficiante: Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga!

Povo: Feliz aquele que o Senhor Deus não acusa de fazer coisas más e que não age com falsidade!

 

Saudação da paz

Cânticos de Louvor

Oração por iluminação

Leitura do Antigo Testamento Josué 5.9-12; Salmo 32

Leitura do Novo Testamento 2Coríntios 5.16-21; Lucas 15.1-3, 11b-32.

Proclamação da Palavra Josué 5.9-12; Salmo 32; 2Coríntios 5.16-21; Lucas 15.1-3, 11b-32.

Afirmação de fé Cristo é a imagem do Deus invisível (Colossenses 1.15-20)

Todos: Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste. Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus.

 

Ofertório

Cântico Congregacional

Oração de Intercessão

Convite à mesa (1Coríntios 11.28, 33)

Portanto, que cada um examine a sua consciência e então coma do pão e beba do cálice. Portanto, meus irmãos, quando vocês se reunirem para a Ceia do Senhor, esperem uns pelos outros.

 

Oração do Senhor

Instituição da Ceia do Senhor

O Partir do Pão

Comunhão do povo

Oração após a Comunhão

Envio (2Coríntios 5.19)

A nossa mensagem é esta: Deus não leva em conta os pecados dos seres humanos e, por meio de Cristo, ele está fazendo com que eles sejam seus amigos. E Deus nos mandou entregar a mensagem que fala da maneira como ele faz com que eles se tornem seus amigos.

 

Bênção

Amém

Poslúdio

Pastorais

Avisos

Recessional

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.