Poesia

Navegar

Foi como um sonho, uma viagem dentro em mim.
Caminhei pelos meus sentimentos e encontrei-te ali.
Surgiste como um fio d’água,
conheci-te como um riacho,
mergulhei em ti como num rio
e, quando meu coração se abriu para você,
fui represado.

Como quero desaguar nesse mar de amor,
que vejo em teus olhos, mas que hoje se represa.
Como quero desaguar nesse mar de amor
e navegar ao teu lado para sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.