Conto

O despertar de um sonho

Buscou na gaveta um caderno já velho e esquecido. Revirou duas, três vezes até encontrá-lo. Ao encontrá-lo, guardou-o no bolso do sobretudo, pegou seu chapéu e partiu em direção a porta de seu apartamento, quando ia trancando a porta, voltou. Pegou o bilhete na mesa, um endereço, trancou a porta e nem quis esperar o elevador, desceu correndo pelas escadas até a garagem, pegou o carro e saiu.

Do outro lado da cidade ela retocava a maquiagem em frente ao espelho da penteadeira. Abriu a porta do armário e pegou um frasco de perfume que já não usava há muito tempo. O preferido dele. Pensou enquanto se perfumava. Saiu do quarto depois alguns minutos. Pegou o telefone e pediu um taxi. Dez minutos depois descia de elevador em direção ao térreo e caminhou serenamente até a portaria. Entrou no taxi, no banco de trás, entregando ao motorista um cartão com o endereço de destino.

Já estava sentado ali na mesa daquele restaurante há mais de dez minutos. Ainda faltavam dez para a hora combinada. Cabeça baixa, girando o caderno nas mãos e lembrando de momentos que há muito vivera e que não se apagaram de sua memória. Sua pele arrepiou-se diversas vezes ao lembrar de seu perfume. Dez anos, e ela mexe comigo como no primeiro momento que me encontrei nela. Não demorou muito e seus olhos marejaram.

Levantou a cabeça e olhou o relógio do restaurante. 20h. Olhou em direção a porta e viu entrar por ela aquela que tanto mexeu e mexe com ele. Seu olhar, seus cabelos, seu jeito de andar. Era como se dez anos não tivesse, passados. Era como se aquele fosse o dia em que se apaixonaram. Em minutos estavam face a face. Olharam-se, detidamente, nos olhos um do outro. Respiraram fundo para conter as lágrimas. Sentaram-se, conversaram, declararam-se. O tempo passou, o tempo chegou, meus sonhos começam a acordar. Sussurrou enquanto olhava para ela e reconhecia, em seu rosto marcado pelo tempo, a mesma mulher que ele conhecera quando jovem e que hoje se tornava sua mulher, seu futuro realizado, seu sonho acordado.

Conversaram sobre o passado, planejaram o futuro e saíram dali juntos, e nunca mais se separaram.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.