Poesia

Era outono

 

Os olhares se encontraram.
Os sorrisos também.
As mãos, timidamente,
ensaiavam carinhos.

Era outono.
Éramos nós dois.
Apaixonados.
Declarados.
Confidentes.

Fim de tarde,
corações aquecidos
se confessam.
Paixão, o tempo não passou,
o sentimento cresceu.
Me leva, sou teu.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.