Conto

Eu não vou pensar em você

Hoje eu acordei decidido a não pensar em você.

Não te vi no espelho, quando olhei em meus olhos, enquanto lavava o rosto e fazia a barba.

Nem pensei em você quando passei um café e diminuí uma colher de açúcar.

Sequer me veio seu sorriso à mente quando vesti aquela camisa preta que tanto gostas.

Quando coloquei para tocar, no som do carro, aquela velha canção, não me veio você à mente.

Sequer pensei em você quando cheguei no trabalho.

Na hora do almoço, não lembrei de você quando coloquei no prato aquela batata ao molho de mostarda que você me passou a receita.

Mais tarde, quando tomei um café, sequer lembrei de você, quando meu colega de trabalho falou de uma mulher linda que vira no metrô.

No caminho de volta para casa, nem lembrei de você ao passar em frente daquele café em que tomamos um capuccino.

Já em casa, à noite, sequer me lembrei de você enquanto ouvia o disco da Norah Jones.

Sentado, na varanda, nem lembrei da sua existência ao olhar para o céu enquanto tomava um whisky 12 anos.

Sentado na varanda, com a brisa suave a acariciar o meu rosto, dormi, e nem pensei que fosse você a me acariciar.

Não sonhei com você.

Não dormi pensando em você.

Não acordei pensando em você.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.