Liturgias, Tempo Comum

Ano litúrgico A – 4 – Tempo Comum – 14 – 18° Domingo no Tempo Comum

Ano litúrgico A – 18º Domingo no Tempo Comum – Cor litúrgica: Verde – Leituras: Gênesis 32.22-31; Salmo 17.1-7, 15; Romanos 9.1-5; Mateus 14.13-21

 

Processional

Prelúdio Saudação (Em nome – Rev. Giovanni Alecrim em “Caixa de Versos”, edição do autor, São Paulo, SP: 2009)

Em nome do Pai, amor e direção. Em nome do Filho, misericórdia e perdão. Em nome do Espírito, fôlego e direção. Reunimo-nos hoje em real devoção.

 

Oração de Adoração

Chamada a Adoração (Romanos 9:4-5)

Oficiante: Eles são o povo escolhido por Deus; ele os tornou seus filhos e repartiu a sua glória com eles.

Povo: Deus fez suas alianças com eles e lhes deu a lei, a verdadeira maneira de adorar e as promessas.

Oficiante: Eles são descendentes dos patriarcas; e, como ser humano, Cristo pertence à raça deles.

Povo: Que Cristo, que é o Deus que governa todos, seja louvado para sempre! Amém!

 

Cântico Congregacional

Chamada à confissão (Salmo 17.1)

Ó SENHOR Deus, atende o meu pedido de justiça! Escuta o meu pedido de ajuda. Ouve a oração que faço com sinceridade.

 

Cântico Congregacional

Oração silenciosa

Oração de confissão

Declaração de perdão (Salmo 17:5-7)

Oficiante: Tenho andado sempre nos teus caminhos e nunca me desviei deles.

Povo: Eu oro a ti, ó Deus, porque tu me respondes.

Oficiante: Por isso ouve-me, escuta as minhas palavras.

Povo: Mostra o teu amor maravilhoso, ó Salvador!

Oficiante: Ao teu lado estou livre dos meus inimigos.

 

Saudação da paz

Cânticos de Louvor

Oração por iluminação

Leitura do Antigo Testamento Gênesis 32.22-31; Salmo 17.1-7, 15

Leitura do Novo Testamento Romanos 9.1-5; Mateus 14.13-21

Proclamação da Palavra Gênesis 32.22-31; Salmo 17.1-7, 15; Romanos 9.1-5; Mateus 14.13-21

Afirmação de fé baseada nas Escrituras (1 Coríntios 15.1-6; Marcos 16.1-9; Mateus 16.16; Apocalipse 22.13; João 20.28)

Este é o evangelho que recebemos, no qual perseveramos, e pelo qual somos salvos, se continuarmos firmes nele: que Cristo morreu pelos nossos pecados segundo as Escrituras, que foi sepultado, que ressuscitou ao terceiro dia, e que apareceu primeiro a Maria Madalena, depois a Pedro, e aos doze apóstolos, e depois a muitas testemunhas fiéis. Cremos que Jesus é o Cristo, o Filho do Deus vivo. Jesus Cristo é o primeiro e o último, o princípio e o fim; ele é o nosso Senhor e nosso Deus. Amém.

 

Ofertório

Cântico Congregacional

Oração de Intercessão

Convite à mesa (Lucas 22.14-16)

Quando chegou a hora, Jesus sentou-se à mesa com os apóstolos e lhes disse: – Como tenho desejado comer este jantar da Páscoa com vocês, antes do meu sofrimento! Pois eu digo a vocês que nunca comerei este jantar até que eu coma o verdadeiro jantar que haverá no Reino de Deus.

 

Oração do Senhor

Instituição da Ceia do Senhor

O Partir do Pão

Comunhão do povo

Oração após a Comunhão

Envio (Salmo 17.15)

Mas eu te verei, pois tenho vivido corretamente; e, quando acordar, a tua presença me encherá de alegria.

 

Bênção

Amém

Poslúdio

Pastorais

Avisos

Recessional

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s