Conto

Cesta

Desceu do carro e logo seu olhar encontrou-a. Havia sido convidado para passar o fim de semana na chácara do amigo. Quatro horas de viagem, mais alguns minutos perdido ouvindo a reclamação da esposa e do filho de quinze anos, e chegou ao destino. O reencantamento foi imediato. Cumprimentou o amigo, familiares presentes e foi logo até ela. Depois de vinte anos ele se depara com aquelas linhas, uma tabela e um aro. Puxou na memória os dias em que descia até a quadra do condomínio para jogar, as vezes que pegava três ônibus para treinar no clube. Olhou para os lados e viu uma casinha. Entrou e nela, num canto, uma bola laranja o aguardava.

Ao longe, sem entender o que havia prendido tanto a atenção do pai, o filho observava tudo, como se estivesse assistindo um filme.

Pegou a bola laranja do canto, sentiu que estava cheia, saiu da casinha e quicou-a. Ensaiou alguns passos, dribles em adversários imaginários, suspirou fundo. Já não tinha a mesma ginga e habilidade de antes. A faculdade, o escritório e a rotina haviam tirado dele o jogo de cintura. Buscando um consolo, parou no canto da quadra e arriscou um lançamento. Cesta, e de três! A pontaria eu não perdi, pensou enquanto ia retomar a bola e arriscar novos arremessos. Vários, seguidos, todos certeiros.

Passou o fim da noite inteira sem dar uma palavra sobre seu reencontro. Quem o conhecia, podia sentir nele um ar de satisfação que não via há tempos. Um meio sorriso no canto do rosto que o deixava com o ar mais alegre. Seu filho, de cara, percebeu que o que seu pai havia experimentado fora algo mágico, como se o tempo tivesse se rasgado e, naqueles minutos na quadra, sozinho, seu velho pai fosse mais uma vez menino, como ele é. O pai, percebendo a inquietação do filho, antes de ir dormir deu-lhe um tapinha nas costas e sussurrou:

É sempre bom visitar as coisas boas do passado, te dá a certeza que está vivo e que a vida vale a pena!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.