Artigos

Conectados com Jesus

“Nazaré!”, exclamou Natanael. “Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? “Venha e veja você mesmo”, respondeu Filipe. João 1.46

Quem é Jesus de Nazaré? Para Natanael, do relato de João 1.35-50, era um homem de uma vila desconsiderada, tão desconsiderada, que ninguém dava a mínima para ela, menosprezavam Nazaré. A resposta de Filipe para Natanael é um desafio. “Se você acha que realmente não pode mesmo vir nada de bom de Nazaré, então, veja por seus próprios olhos!”.

Retomo a pergunta: quem é Jesus de Nazaré? A esta pergunta você deve ter uma série de respostas. Outras pessoas terão ainda mais respostas. Os não cristãos, talvez saibam de sua história. Os cristãos devem saber a resposta. Natanael, após o encontro, soube a resposta: “Rabi, o senhor é o Filho de Deus, o Rei de Israel!”. Como Natanael, que antes menosprezara Jesus, chegou à essa conclusão? Ele foi conectado com Jesus e quem o levou foi Filipe.

Conecte-se

O verbo conectar se tornou comum com o advento da informática. Ligar uma coisa à outra para que elas troquem dados e informações. Emprestamos este termo para olhar para a vida cristã e vermos a necessidade de sermos conectados uns com os outros e com Jesus. Conecte-se a Jesus. Aprenda sua santa vontade, entenda que nem sempre ele foi bem visto e nem bem quisto. Compreenda que ele passou por dificuldades e situações difíceis. Contemple a dor, o sofrimento e morte. Alegre-se com a ressurreição e a vida. Conecte-se a Jesus para receber dele o essencial para sua vida.

Além de se conectar com Jesus, seja como Filipe, leve outros a se conectarem a ele. Para isso, você não precisa de muito. Se Filipe tinha Jesus ali, para levar Natanael até ele, nós temos o Espírito Santo conosco, que nos capacita a mostrar Jesus para a pessoa. O convite é o mesmo “Venha e veja você mesmo”. “Venha e veja você mesmo” que ele é mais que uma data no calendário. “Venha e veja você mesmo” que ele é mais que religião. “Venha e veja você mesmo” que ele é amor e caminha ao nosso lado. “Venha e veja você mesmo”, enquanto convive comigo, que ele é a razão de nossas vidas.

Não tenha vergonha nem medo de conviver com as pessoas e mostrar Jesus a elas. Não importa a sua idade, você é chamado por Deus para anunciar o amor que ultrapassa barreiras e derruba todo o medo, o amor que nos salva e nos resgata das trevas para a luz. Conectados com Jesus, aprendemos a viver sem medo, confiando na graça e crescendo em nossa Jornada da Fé. Com o Mestre aprendemos a amar. Ame como o Mestre. Viva como o Mestre. Seja mais parecido, a cada dia, com o Mestre, para possamos falar com autoridade “Venha e veja você mesmo”.

Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s