Litúrgias

Ano litúrgico A – 3 Ciclo Pascal – 08 – Domingo de Ramos

Ano litúrgico A – Domingo de Ramos – Cor litúrgica: Roxa – Leituras: Mateus 21.1-11; Salmo 118.1-2, 19-29

Processional

Prelúdio

Saudação (Hoje é dia de festa, de Rev. Giovanni Alecrim)

Hoje é dia de festa! O nosso Senhor vem para sua cidade santa! Estamos reunidos para celebrar a chegada de nosso redentor! Sejam bem vindos e bem vindas à casa de nosso Senhor!

Oração de Adoração

Chamada a Adoração (Se não adorarmos, as pedras clamarão, de Rev. Giovanni Alecrim)

Oficiante: Adoramos o nosso Senhor!

Povo: Se não o adorarmos, as pedras clamarão!

Oficiante: Adoramos o nosso Senhor!

Povo: Com a graça de Deus, nenhuma pedra clamará!

Oficiante: Adoramos o nosso Senhor!

Povo: Não calaremos nossa voz: louvado seja nosso Senhor!

Cântico Congregacional

Chamada à confissão (Diante de tua majestade, de Rev. Giovanni Alecrim)

Diante de tua majestade, ó Senhor, nos prostramos diante de ti. Distante de ti andamos, mas em tua direção queremos caminhar. Ouve nossa oração, ó Senhor!

Cântico Congregacional

Oração silenciosa

Oração de confissão

Declaração de perdão (Hosanas, de Rev. Giovanni Alecrim)

Oficiante: Hoje é o dia da vitória do Senhor!

Povo: Em Jerusalém hosanas ecoam ao Salvador!

Oficiante: Bendito o que vem em nome do Senhor!

Povo: Bendito é Jesus, nosso Salvador!

Oficiante: Ele nos redime e nos dá nova vida!

Povo: Ele nos convida a uma vida de arrependimento!

Oficiante: Perdoados somos! Louvemos ao nosso Senhor!

Saudação da paz

Cânticos de Louvor

Oração por iluminação

Leitura do Antigo Testamento Salmo 118.1-2, 19-29

Leitura do Novo Testamento Mateus 21.1-11

Proclamação da Palavra Mateus 21.1-11; Salmo 118.1-2, 19-29

Afirmação de fé Cristo Jesus, modelo de humildade (Filipenses 2.5-11)

Todos: Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.

Ofertório

Cântico Congregacional

Oração de Intercessão

Convite à mesa (Elementos – Rev. Giovanni Alecrim em “Caixa de Versos”, edição do autor, São Paulo, SP: 2009)

Trigo, farinha, fermento. Suor de um povo. Renovado pelo pão. Pão da vida. Uva, fermento. Cansaço de um povo. Renovado pela Esperança. Vinho da Vida.

Oração do Senhor

Instituição da Ceia do Senhor

O Partir do Pão

Comunhão do povo

Oração após a Comunhão

Envio (Salmo 118.28)

Tu és o meu Deus — eu te louvarei; tu és o meu Deus — eu anunciarei a tua grandeza.

Bênção

Amém

Poslúdio

Pastorais

Avisos

Recessional

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s