Poesia

Do que é belo

Já vi o Vale do Caparão.
Já vi os Alpes e os Pirineus.
Já vi o Atlântico e o Mediterrâneo.
Já vi o rio Negro, Solimões e Amazonas.
Já vi o Louvre, o Vaticano, as Catedrais.
Tudo belo, fruto direto ou indireto
das mãos do criador.

De tudo o que vi e contemplei,
não há nada mais belo
que os olhos, o sorriso
e singularidade de uma mulher.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.