Poesia

Quando ela sorri

Quando ela sorri, tudo fica belo.
Como se fosse possível, em tanta beleza,
mais formosura ainda acrescentar.

Quando ela sorri, tudo me fascina.
Sua linda boca suavemente a se mexer,
seus lindos olhos, que começam a brilhar.

Quando ela sorri, tudo se transforma.
A chateação vai embora, entra sua alegria.
A mesmice se vai, chega sua harmonia.

Quando ela sorri, tudo se ausenta.
Nada é capaz de competir com a beleza de seu sorriso.
Nada é capaz de tirá-la do centro do (meu) mundo.

Sorrir faz bem para saúde e para alma.
Isso talvez explique por quê,
quando ela sorri, nada em mim se acalma.

Quando ela sorri, sem saber, ela me faz dela.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.