Poesia

Mãe.

Mãe.
A mais terna lembrança, guardo dos braços de minha mãe.
Sempre durona, sempre a me acolher.
Ensinou-me vida, amor, fé, esperança,
compreensão e perdoar,
mesmo com mil motivos para não perdoar.

Mãe.
Fã que sou do sexo oposto, não posso deixar de ver que,
nada mais belo há que uma mulher gerando uma nova vida.
Ela foi eleita para recriar a vida.
Um filho, uma esperança, um amor.

Mãe.
A beleza feminina que se mostra ao mundo
ao educar, proteger e zelar pelos seus filhos.
A alma que se doa pela vida do filho
Sofre por ele,
sonha por ele,
vive por ele.

Mãe,
a Deus minha gratidão
por ser filho, seu filho.

Mães,
a Deus a minha gratidão por vocês,
sempre a amar seus filhos!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.