Poesia

Habacuque

O Senhor está no seu santo templo,
cala sua boca e ouça o lamento
de quem vive a chorar logo ali na esquina,
por fome, miséria, violência e chacina.

Ai! Ai! Ai! Já berrou Habacuque!
Mude sua mente, não, não caduque.
Violência, prostituição, miséria, idolatria,
mais uma chacina, é o nosso dia a dia.

Por sua fé, o justo viverá.
Eu sou um pobre infeliz, o que Deus fará?
Não, não vou desistir de viver.
Deus olha pro seu povo, olha pra mim e pra você.

Se não tiver comida na minha mesa.
Se não tiver vida na rua, minha gente indefesa.
Mesmo assim eu jamais temerei a rua.
Deus não me abandonará, nossa luta é sua.

Habacuque já disse há muito tempo atrás:
relembra pro teu povo Deus, tudo o que o Senhor fez (e faz).
Sopra no homem o fôlego da vida:
paz, igualdade, esperança e justiça.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.