Poesia

Até quando?

Uma mulher,
um homem,
um adultério,
uma lei,
uma condenação.
A mulher é condenada,
condenada pelos homens.
A mulher adúltera
salva por Cristo.

Um povo,
uma nação,
um país:
Brasil.
Um crime:
Desigualdade social.
Uma lei,
sem condenação.
Povo oprimido,
até quando?

Eu,
você,
povo de Deus,
um espelho.
Nós, calados,
“Eles”, berrando.
Justiça?
Até quando?

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.