Poesia

Para um amigo

Sabe, hoje eu lembrei de alguém muito especial.
Alguém que me fez rir e me deixou chorar.
Alguém que me fez chorar e me deixou rir.

Quantas barras você já segurou? Não sei.
Quantas vezes chorou comigo? Não sei.

O que sei é que bastava um telefonema,
e você de pronto me atendia.
Escutava meu choro, desmarcava compromissos.
Aguentava meus problemas no pé do seu ouvido.

É amigo, talvez a vida um dia nos leve para caminhos diferentes.
Mas eu sei, que, toda vez que eu ou você chorarmos ou rirmos,
toda vez que nossos sonhos se frustrarem ou se realizarem,
nos lembraremos destes instantes que tornaram nossas vidas mais completas.
Vinícius estava certo: que seja eterno, enquanto dure!
Sim! Que seja eterna e intensa a nossa amizade.
Cheia de problemas e soluções,
para que eu possa dizer a todos que me cercam:
O Zampo?
Esse é meu Amigo.
Esse é meu Pastor.
Esse é meu Irmão.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.