Poesia

31 de outubro

Pelos que sempre amaram o Evangelho
e o trouxeram até nós.
Pelo amor às Escrituras Sagradas,
por não calarem da alma a voz.

Pela graça infinita
que de graça nos abraça.
Pelo amor que se derrama
que o tempo não apaga.

Por cada homem e mulher
que, em real devoção,
dobraram seus joelhos,
não calaram o coração.

Graças te damos ó Deus
pela fé e compreensão
de que és real e sentido,
não apenas por emoção

Graças te damos ó Deus
pela consciência sempre viva,
que não importa a época
mantêm nossa fé consciente e ativa

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.