Poesia

Não adianta nem esperar

Não há quem diga:
A vida não me satisfaz!
Ninguém é tão louco
e tão capaz.

A dor:
por que ela vem?
Verdade:
por que me abre os olhos?
Vingança:
por que me molhas os lábios?
Depressão:
existe um fundo no poço?

Quando você se apaixona
existe o risco da ilusão
e a ilusão, é a saída
mais fácil para depressão.

Destrói,
extermina,
pressiona,
rasga,
estraga,
sem saída,
suicídio,
acabado,
ódio.

Me tira, me arranca, não me iluda.
Só quero viver, esquecer esta amargura.

Aquele dia foi demais para mim.
Aquele dia foi início do meu fim.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.