Poesia

A nous les enfants

Hoje o dia foi de chuva.
E as lágrimas caíam enquanto você partia
nestas noites que não passam…

Os pássaros não constroem seus ninhos em vão.
E nós brincávamos de voar por sobre os templos,
e construíamos nossos ninhos sobre os sinos das catedrais.

A nous les enfants.
Nos jardins as crianças dançam.
E eu que só queria sonhar,
ver estrelas e lua no céu,
já não posso mais voar.
A nós as crianças.
A nós as infâncias.
A nós os amanhãs.

As lágrimas não rolam por acaso.
Hoje eu só quero sorrir.
Te encontrar mais uma vez,
não chorar ao te ver,
poder sorrir e te dizer
que a minha vida está um inferno sem você.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.