Verdade e intrepidez

Trovão no deserto! Preparem-se para a chegada de Deus! Tornem o caminho plano e reto! (Isaías 40.3)

A pregação de João Batista era essa: preparem para a chegada de Deus. Ele sabia bem de sua missão. Ele deveria anunciar a vinda do Messias. E o fez bem, tão bem, que até mesmo fariseus e saduceus vinham ao seu encontro para serem batizados, talvez, por ser algo que estivesse na moda, ou por influência de uma multidão de pessoas que iam ter com João às margens do rio.

A pregação de João Batista apontava para o messias: produzi frutos digno de arrependimento. Ou seja, arrependam-se de seus erros pois o messias vem aí. Tal pregação nos parece restrita àquele tempo, mas não. Hoje, a Igreja de Cristo é convidada a olhar para a missão de João Batista e anunciar que Jesus veio e virá. Tal pregação parece distante da realidade da maioria das igrejas evangélicas. No entanto, este é o anúncio do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Olhando para a pregação de João Batista podemos tirar duas lições de como o Evangelho necessita ser anunciado em nossos dias.

Stanzione, Massimo - The Preaching of St John the Baptist in the Desert
Stanzione, Massimo – A pregação de São João o Batista no deserto

Verdade

João Batista não tinha medo de anunciar a verdade. Quais verdades ele anunciava?

Mudem de vida! O Reino de Deus está aqui (Mateus 3.2)

Destaco é o anúncio da mudança de vida. A Igreja de Cristo precisa anunciar a necessidade do ser humano se arrepender. Em tempos onde muitas igrejas carregam o nome de Cristo em seus nomes, está cada vez mais rara a mensagem do arrependimento. É necessário olhar para o testemunho de João Batista e nos lembrarmos que Jesus veio e voltará. Que seu Reino já foi estabelecido e que necessitamos anunciar a verdade que transforma vidas. Tal anúncio não será bem recebido, como não foi no tempo de João Batista. Precisamos voltar a anunciar o Evangelho da salvação que resgata a pessoa das prisões e amarras do pecado e a conduz para uma vida plena em Cristo Jesus. Anunciar a verdade é a resposta que damos às bênçãos e cuidados de Deus para conosco.

Intrepidez

Outra característica de João Batista era a sua intrepidez, ou seja, sua coragem em dizer a verdade.

Raça de serpentes! O que vocês pretendem, rastejando até o rio? Acham que um pouco de água nessa pele de cobra vai fazer alguma diferença? É a vida de vocês que precisa mudar, não a pele. (Mateus 3.7-8)

Vendo que os saduceus e os fariseus vinham para serem batizados, João não temeu dizer a verdade. Disse exatamente o que via nas intenções deles. Eles queriam estar bem com um grupo que crescia e ganhava espaço no meio da sociedade. Eles queriam mostrar que estavam ligados àqueles que haviam sido batizados por João. Muito parecido com os nossos dias, em que pessoas acreditam que ser evangélico é uma questão de aparência. Se é evangélico pelo jeito de falar, vestir e andar. É uma mudança de pele, não de vida. O caráter pode ser corrompido, mas se usa um linguajar evangélico, está tudo bem. Não, não está! É exatamente esta postura que devemos denunciar e combater. Não somos resgatados para uma mudança de pele, mas para uma mudança de vida.

Eu batizo vocês aqui no rio para mudar essa velha vida na vida no Reino, mas o mais importante ainda está por vir. (Mateus 3.11a)

João Batista apontava explicitamente para Jesus. É o que a Igreja de Cristo precisa fazer hoje. Diante das aparências de crente, da corrupção da sociedade e da degradação do ser humano, mantenhamos firmes a mensagem do Evangelho que transforma vidas e que

acenderá a vida do Reino em vocês, um fogo interior, o Espírito Santo dentro de vocês, operando a mudança de dentro para fora. (Mateus 3.11c)

Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.