Poesia

Sem amor

Enquanto o medo rondar
minha vida, meu lar, meu emprego.
Enquanto a indiferença reinar
com o pobre, excluído, sem teto.

Não haverá possibilidade,
não haverá como viver.
Sem amor na vida,
nada há o que fazer

Enquanto a violência rondar
famílias, ruas, vidas.
Enquanto a miséria reinar
nas vielas, ruas, favelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.