Contraditório

O conceito do contraditório no estudo teológico, ou em qualquer outra área do conhecimento é sempre válido. Não é porque não me alinho teologicamente com alguém que deixarei de lado o respeito à pessoa e até mesmo às suas ideias.

Crédito: freeimages.com

Os tempos atuais vem revelando uma geração de pessoas que foram forjadas nas academias a combater incisivamente o contraditório. É triste perceber que, na busca pela sã doutrina, muitos a deixam de lado, sendo excludentes e mal-educados, não respeitando o diferente e menosprezando a teologia ou os estudos diferentes dos seus. Penso que o relacionamento entre os diferentes é essencial para o crescimento teológico. Tenho em minha biblioteca, na mesma prateleira, uma Teologia Sistemática de Louis Berkhof e outra de Paul Tillich, e entre ambas um manual de dogmática católico. Concordo com tudo o que todos os autores em questão escreveram? Não, mas o contraponto entre eles me leva a chegar mais próximo da sã doutrina e do que Deus quer que eu viva e expresse na minha caminhada teológica e pastoral. A busca do contraditório, como ponto de diálogo da reflexão pastoral, é necessária para confrontarmos nossas ideias com aquilo que diz a Palavra de Deus e o que pensam outras pessoas, de outras tradições, acerca da Palavra. No fim das contas, penso que devemos lembrar da recomendação de Paulo aos crentes de Corinto. Temos nossos referenciais teóricos, no entanto, precisamos nos lembrar a quem servimos e quem nos vocacionou.

Irmãos, peço, pela autoridade do nosso Senhor Jesus Cristo, que vocês estejam de acordo no que dizem e que não haja divisões entre vocês. Sejam completamente unidos num só pensamento e numa só intenção. Pois, meus irmãos, algumas pessoas da família de Cloé me contaram que há brigas entre vocês. O que eu quero dizer é isto: cada um de vocês diz uma coisa diferente. Um diz: “Eu sou de Paulo”; outro, “Eu sou de Apolo”; outro, “Eu sou de Pedro”; e ainda outro, “Eu sou de Cristo”. Por acaso Cristo foi dividido em várias partes? Será que Paulo morreu crucificado em favor de vocês? Ou será que vocês foram batizados em nome de Paulo? (1Coríntios 1.10-13)

Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.