Artigos

Uma década

No dia 4 de março de 2006, um sábado, eu saí de casa por volta das 17h em direção à Igreja Presbiteriana Independente do Sacomã, SP, para a reunião do Presbitério do Ipiranga da IPI do Brasil. No momento em que entrei no carro, sozinho, começou a chover. O trajeto de casa até a igreja demorou cerca de uma hora. Chovia muito. Dentro do carro, sozinho, eu orava, pedindo a Deus que me desse a certeza de meu chamado pastoral. Estava a caminho da cerimônia onde seria ordenado Ministro da Palavra e dos Sacramentos.

2006, na IPI do Sacomã,São Paulo, SP, 2009, na IPI de Grajaú, São Paulo, SP e 2013 na IPI de Araraquara, SP
2006, na IPI do Sacomã,São Paulo, SP, 2009, na IPI de Grajaú, São Paulo, SP e 2013 na IPI de Araraquara, SP

Durante o período de estudos teológicos muitos foram os questionamentos acerca da minha vocação. Lutei com Deus por cinco anos, sabendo se era isso mesmo que ele queria da minha vida. Foram dias de profundas discussões com Deus, em oração, e de profundas alegrias e serenidade. Passei pelo Seminário sendo marcado eternamente pelos ensinos e desensinos que ali experimentei. Em muitos deles, Deus me mostrou que minha fé era pequena e que meu chamado não era meu, era dele. Ele me chamou e eu dei a única resposta possível diante do chamado de Deus: atendi.

Nunca me vi como pastor. Os pastores que me pastorearam foram homens de Deus que possuíam um cuidar e exortar únicos. Nunca me senti digno do título de pastor por ter como padrão estes homens. No entanto, passados dez anos, posso hoje olhar para minha vocação e vejo que ser pastor é a vocação na qual Deus me chamou para viver. Do seu jeito, Deus faz de mim pastor, mesmo que eu, muitas vezes, falhe.

Ao completar dez anos de ordenado, hoje posse agradecer a Deus pelas alegrias que vivi, as dificuldades que passei e os desafios que terei pela frente. Ao longo de dez anos pastoreei a Igreja Presbiteriana Independente do Sacomã, São Paulo, SP (2006), a Igreja Presbiteriana Independente Central de Votorantim, SP, Congregação do Jardim Serrano II (2007). Ambas como pastor auxiliar. A primeira igreja em que fui pastor titular foi a Igreja Presbiteriana Independente de Grajaú, São Paulo, SP (2008-2012) e desde 2013 sou pastor da Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara, SP. Em todas elas aprendi muito. Sou grato a Deus por ter me confiado seu povo, membros das comunidades que pastoreei. Sou grato a Deus por me confiar seu povo, membros da comunidade que pastoreio.

Quando se completa um ciclo tão importante de vida, dez anos, é inevitável olhar para o passado como fiz até aqui. Mas também é inevitável sonhar com o futuro. Para o futuro, peço a Deus que me conserve na mesma visão em que, na minha adolescência, me despertou para o Evangelho. Ser filho, neto, bisneto, tataraneto de cristãos reformados parece ser algo que nos levará naturalmente aos caminhos do Evangelho. Mas não foi assim em minha adolescência. Foi nessa época, na leitura da carta aos Romanos, que Deus moveu meu coração:

Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé. (Romanos 1.16-17)

No final do verso 17, uma nota apontava para o livro do profeta Habacuque:

Eis o soberbo! Sua alma não é reta nele; mas o justo viverá pela sua fé. (Habacuque 2.4)

Neste dia compreendi tudo que aprendera de minha mãe, vó e das Igrejas por onde havia passado.

Hoje, ao completar dez anos de Ministério da Palavra e dos Sacramentos, peço a Deus que conserve nesta mesma visão: viver pela fé.

Reverendo Giovanni Campagnuci Alecrim de Araújo
Há dez anos Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s