O que é o sacramento do Batismo

Parte 1 de 4 do texto escrito para o Curso para Batismo Infantil da Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara.


 

O Batismo é um dos dois sacramentos da Igreja Cristã. Além dele, temos a Santa Ceia como sacramento. Entendemos por sacramento o meio pelo qual o Espírito Santo age na vida da Igreja. O Batismo é o sacramento que marca a entrada da pessoa na Igreja de Cristo. É quando a comunidade e o novo cristão reconhecem que Deus é quem nos têm, por ele somos salvos. Por ele, somos convidados a uma nova vida diante de Deus e dos homens. O próprio Mestre nos assegura sua presença e poder, enviando-nos a batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Através do Batismo participamos da morte e ressurreição. Nele, morremos para o que nos separa de Deus e ressurgimos para uma nova vida com Cristo.

A água do Batismo simboliza as águas da criação, do dilúvio e do êxodo do Egito, nos ligando à bondade da criação de Deus e à graça no pacto com Noé e Moisés. Nos textos dos profetas, a água é símbolo da purificação do povo que vivia na desobediência. Em Jesus, a água é símbolo da vida, que sacia a sede de todo aquele que dela bebe. Com base nestes símbolos, podemos dizer que o Batismo significa:

  1. a fidelidade de Deus;
  2. a lavagem dos pecados;
  3. o renascer;
  4. o vestir as novas vestes de Cristo;
  5. o ser selado pelo Espírito Santo;
  6. o fazer parte do pacto familiar da Igreja de Cristo.
  7. O Batismo é ministrado apenas uma vez.

A fidelidade de Deus no Batismo é constante e segura, mesmo quando a fidelidade humana para com o Pai deixa de existir. Assim, cremos que uma vez batizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, somos parte do Corpo de Cristo, e isto é irrevogável. Somos também convidados para uma nova vida em comunhão com Deus e com seu povo.

“Há um só corpo, e um só Espírito, e uma só esperança, para a qual Deus chamou vocês. Há um só Senhor, uma só fé e um só batismo. E há somente um Deus e Pai de todos, que é o Senhor de todos, que age por meio de todos e está em todos” (Efésios 4.4-6).

A Igreja Presbiteriana Independente do Brasil reconhece o Batismo feito com água em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo feito por outras Igrejas Cristãs.

Por questões de ordem, o Batismo deve ser autorizado pelo Conselho e administrado por um Ministro da Palavra e dos Sacramentos, em culto público. Para apresentar uma criança para o batismo, pelo menos um dos pais ou responsáveis precisa ser membro da Igreja e se responsabilizar pela sua orientação, conduzindo-a sob os preceitos de Deus afim de de que possa realizar sua profissão de fé no tempo oportuno.

O Batismo é praticado por todas as Igrejas Cristãs, desde o surgimento do cristianismo, mesmo não sendo a prática do Batismo uma “invenção” cristã. Vimos, portanto, que a importância do Batismo está no ato redentor de Cristo na Cruz, nos resgatando e no compromisso assumido, diante de Deus e de sua Igreja, em viver a nova vida que nos é oferecida. O Batismo não é mero rito, mas sim um momento que devemos carregar conosco para todo o sempre, como fortalecimento de nossa fé e incentivo para o cumprimento de nossa missão, confiada por Jesus de ir

“a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mateus 28.19).

Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.