Sermões

Ilustração para sermão

O movimento “free hugs”, “abraços grátis” numa tradução livre, é conhecido de muitos de nós. Consiste em ficar parado em locais de grande movimento segurando uma placa escrita “Abraços grátis” esperando que pessoas que passam parem e recebam um abraço. Em janeiro de 2013, na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul, um incêndio matou 242 pessoas em uma boate. A cidade inteira se viu tomada de dor e sofrimento. Vendo o desespero dos familiares e amigos, um grupo de jovens de uma igreja aqui do interior paulista levantou fundos, alugou um ônibus e partiu para Santa Maria, RS. Chegando lá, não saíram distribuindo folhetos ou pregando em praça pública. Não, eles foram até uma praça, no centro da cidade e se espalharam com cartazes escrito “abraços grátis”. O relato de um dos jovens é de que se formavam filas, o grupo que lotara um ônibus não deu conta de abraçar toda uma cidade. Não eram apenas abraços curtos, eram abraços acolhedores, pessoas choraram, outros simplesmente silenciaram, outras ainda aceitaram orar e muitas ouviram, pela primeira vez a mensagem do evangelho por meio de um abraço. Passado um ano da tragédia, o mesmo grupo volta à Santa Maria, RS, participa das homenagens e vai para a mesma praça, oferecer os mesmos abraços. Mais uma vez, filas se formam. Desta vez, ao invés de ouvir choros ou presenciarem silêncios dolorosos, muitos foram os testemunhos da importância daqueles abraços que acolheram e deram conforto em meio a tragédia. Muitos também foram os testemunhos de pessoas que encontraram Cristo Jesus naqueles silenciosos abraços.

Ilustração usada no sermão “Os piores proclamam o melhor” baseado em 1Timóteo 1.15-17

Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s