Artigos, Pensamentos

Instituição

São tantas as pessoas feridas pela igreja que se convencionou dizer que ser cristão não é ser membro de igreja, que a instituição é falha. E é mesmo! É tão falha que depende de Cristo. As mesmas pessoas que condenam a igreja instituição são as que vendem seus CDs e livros em nome Cristo, por que será? É a luta pelo poder, e toda vez que o poder da igreja esteve concentrado nas mãos e interesses dos homens, e não nas mãos e interesses de Deus, nós ferimos mais que acolhemos. Precisamos ser a comunidade da acolhida restauradora, não das práticas que dividem e afastam as pessoas.

Crédito: freeimages.com

Muitos estão dentro de igrejas e carregam em seus corações problemas e dificuldades com as quais não consegue lidar. A liderança, despreparada, não ensina o povo a trilhar o caminho de Cristo e conduz o povo a caminhos bonitos, cheios de cores, mas sem as cores da vida, sem a beleza de Cristo. Precisamos ser a comunidade da acolhida restauradora. Para tal, precisamos olhar para as pessoas que estão sofrendo e ensiná-las a confiar a Cristo toda e qualquer situação. Como o faremos? Começando nós mesmos a entregar a Cristo nossos desafios, dificuldades e sobrepesos. Seu fardo é leve, ou seja, o que ele nos oferece em troca de confiarmos nele é muito mais tranquilo de viver e de ser, pois é mais humano. Nossas instituições são e sempre serão falhas. Precisamos aprender a conduzir o povo a Cristo, apesar de nossos erros institucionais.

Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. (Mateus 11.28)

Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s