Artigos

Todo poder vem de Deus

Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda. (Judas 9)

A Carta de Judas é um convite à transformação e arrependimento. Nela, temos a descrição de atitudes egoístas e difíceis e a ação e corretiva de Deus a mostrar como agir. Ilustrando como agir diante dos ataques sofridos, Judas evoca a imagem do arcanjo Miguel disputando com o diabo o corpo de Moisés. Nesta imagem, Judas enfatiza que Miguel não atacou o diabo, antes, usou a palavra de Deus para repreendê-lo: O Senhor te repreenda.

Todo o poder pertence a Deus. Não temos o poder de Deus. Não podemos dizer que somos mais poderosos que outras pessoas. O poder não vem de nós, vem de Deus. John C. Maxwell, ao comentar este texto, afirma que “Líderes maduros engolem seu egoísmo e reconhecem que Deus é sua fonte de poder. Eles permanecem fiéis à sua autoridade, mas nunca assumem os créditos para si. A fé lhes possibilita irem mais longe, enquanto sua humildade os capacita a cair de joelhos.”

Que tenhamos a audácia de enfrentar os ataques que a Igreja sofre com o poder de Deus, e também a humildade de cair de joelhos e reconhecer que todo o poder pertence a Deus.

Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s