O líder e o estresse

O Senhor é o meu pastor; nada me faltará. (Salmo 23.1)

O estresse é desencadeado, entre outros fatores, por uma sucessão de fatos que geram preocupações e aflição. Tais fatos podem ser resolvidos ou não? Esta é a pergunta que devemos nos fazer para dar o devido valor ao que nos estressa. Muitas vezes não sabemos diferenciar o fato do problema. O fato está consumado e lidaremos com as consequências, o problema ainda não está consumado e teremos que tomar atitudes diante dele. Não devemos gastar nossas energias em fatos consumados, mas sim em buscar no Senhor a melhor solução para os problemas que carecem de decisões eficazes.

No Salmo 23 encontramos a imagem de Deus como nosso bem, provisão, paz, perdão, parceiro, capacitador, digno de louvor e refúgio certo. Saber buscá-lo quando passamos pelos “vales da sombra e da morte” das circunstâncias de nossa vida é essencial para conduzirmos seu rebanho a “pastos verdejantes”.

Deus nos convida, no Salmo 23, a confiar que ele está no controle e que fatos consumados não carecem de nos preocuparmos, mas sim as consequências deles e os problemas que enfrentamos, estes, devem ser entregues a Deus, confiantes de que ele é o nosso Pastor e nada, absolutamente nada nos faltará. Confiemos nele, e deixemos de nos estressar pelo que está nas mãos do Senhor. Ele é nosso pastor e nos guia com segurança.

Que Deus nos abençoe
Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.