Inovar: revolução do pensamento

É preciso inovar para alcançar as pessoas. Não podemos nos fechar em nós mesmo. (Pr. Olgálvaro Bastos Jr.)

Buscar inovação em uma instituição religiosa é um desafio. Toda e qualquer instituição se pauta pela solidez de sua estrutura. O que não impede da base desta estrutura de inovar em seus procedimentos. Inovação não está ligada a corromper ou romper com a estrutura de uma instituição, antes, é o desafio de se alcançar o maior número de pessoas com a mensagem que você tem a passar, de uma maneira compreensível a todos e todas.

Inovar, no meio eclesiástico, passa pela capacidade de manter os fundamentos inabaláveis e, assim, modificar o que é possível nos procedimentos, no caso de uma Igreja, precisamos identificar o que é irrevogável e o que negociável no espaço religioso. Mantendo a palavra de Deus e sua mensagem de amor e salvação claros, pode-se conduzir um processo de mudança de paradigmas e processos de trabalho, mantendo sempre a dignidade e a integridade em relação aos fundamentos de fé e às confissões institucionais. Não precisamos perder nossa identidade institucional para inovar.

Estando devidamente alicerçados, podemos nos lançar a tarefa de acompanhar as mudanças e apontar a mensagem da salvação para as novas gerações. Para isto, é preciso levar em conta as estruturas da sociedade atual. Como se comportam as relações nas diferentes faixas etárias. A facilidade de acesso à informação e o gerenciamento destas de maneira eficaz conduzirá nossas igrejas a um caminho de busca por pessoas que estão à margem da Igreja, querem uma religiosidade mas não querem a forma como a oferecemos.

Inovar, portanto, é um processo de adequação da mensagem à realidade de quem se quer alcançar. É um processo bíblico, pois o próprio Jesus inovou ao se reunir com pecadores e rejeitados da sociedade para anunciar-lhes o Reino de Deus.

Que Deus nos abençoe.
Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil


Este artigo é uma reação e reflexão ao seminário de mesmo nome apresentado pelo Pr. Olgálvaro Bastos Jr* no 36º Encontro de Pastores e Líderes da SEPAL, em Águas de Lindóia,SP, dia 5 de maio de 2009. *Pastor Olgálvaro Bastos Jr: Pastor da Igreja Sal da Terra em Uberlândia,MG. Faz parte da equipe Brasil 2010 e Ministério Ide as Nações.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.