Artigos

Chamado de Deus, confirmação do povo

Depois, derramou do óleo da unção sobre a cabeça de Arão e ungiu-o, para consagrá-lo. (Levítico 8.12)

Cremos, como Igreja, que todo chamado vem de Deus. Alguns são chamados para serem líderes, outros para serem liderados e, portanto, auxiliares deste líderes. Aos líderes, o chamado de Deus é sua convicção pessoal, é a relação direta do líder com Deus. Mas este chamado não se dá apenas na convicção pessoal, ele é reconhecido pelo povo.

Pastor, presbítero ou diácono não pastoreiam se não houver povo. Chamado está intimamente ligado à relação com a comunidade. Não podemos esquecer que somos chamado a servir. Servir a Deus com a comunidade, não sem ela. Arão não foi ungido sacerdote perante um conselho de pessoas, mas sim diante de toda a congregação do povo. De igual modo, pastores, presbíteros e diáconos são ordenados perante uma comunidade, que reconhece, no ato da ordenação, a mão e o chamado de Deus na vida daquela pessoa.

Diante disso, precisamos ter a consciência que Deus nos chamou para servirmos à comunidade, nossa ordenação não foi, e nunca deve ser, para satisfazer interesses próprios, mas antes, para cumprir o chamado de Deus para cada um de nós. Por isso devemos, todos os dias, clamar a Deus pela direção do Espírito Santo, para que ele nos mostre como e onde cumprir o nosso chamado.

Que Deus nos abençoe
Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s