Artigos

Escravizados pelo que é imediato

Tendes semeado muito e recolhido pouco; comeis, mas não chega para fartar-vos; bebeis, mas não dá para saciar-vos; vestis-vos, mas ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o para pô-lo num saquitel furado.
(Ageu 1.6)

Ageu viveu num tempo de reconstrução. Foi o primeiro profeta após o retorno do povo do exílio na Babilônia. No versículo acima, percebe-se que Ageu exorta o povo para que percebam que seus esforços pouco lhes tem rendido. Por quê? Porque o povo focou o imediato. Eles queriam construir suas casas, queriam enriquecer, queriam cuidar do que é seu. Falharam em considerar como suas ações contradiziam sua fé. Empenharam seus esforços para satisfazerem a seus próprios interesses.

Não é, portanto, de se admirar que trabalhassem arduamente, mas vissem poucos resultados. Eles estavam empenhados em buscar o que “é seu”, e o trabalho de reconstrução de um bem comum, o Templo, ficou em segundo plano. O Templo era um elemento de identificação cívica e religiosa para o povo, mas eles esqueceram-se uns dos outros e pensaram somente em si. Por isso, colhiam pouco, nunca estavam satisfeitos e todo dinheiro era insuficiente. Para saciar esses desejos, buscavam resultados imediatos em suas vidas. Para saciar esses desejos, esqueceram-se do que é fundamental.

Lideres cristãos precisam, constantemente, avaliar se estão focados no fundamental, se o que estão fazendo é de fato a vontade de Deus ou são vontades individuais. Quando nossos esforços e empenhos produzirem poucos resultados, é hora de avaliar se estamos empenhados na missão do Reino ou nos desejos de nossos corações.

Que Deus nos abençoe.
Reverendo Giovanni Alecrim
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s