Litúrgias

Ano litúrgico B – 03 – Ciclo Pascal – 10 – 4º Domingo da Páscoa

Ano litúrgico B – 4º Domingo da Páscoa – Cor litúrgica:Branca – Leituras: Atos 4.5-12; Salmo 23; 1João 3.16-24; João 10.11-18

Processional

Prelúdio

Saudação (A vida venceu a morte, de Rev. Giovanni Alecrim)

A vida venceu a morte! Louvemos nosso Deus! Jesus ressuscitou! Jesus é nosso Senhor! A morte não tem mais domínio! O pecado vencido está! Louvemos ao nosso Senhor!

Oração de Adoração

Chamada a Adoração (Ele venceu, de Rev. Giovanni Alecrim)

Oficiante: Vinde adorar! Ele venceu!

Povo: Vinde cantar! Ele venceu!

Oficiante: Vinde confessar! Ele venceu!

Povo: Vinde ouvir! Ele venceu!

Oficiante: Vinde clamar! Ele venceu!

Povo: Ide proclamar: Jesus venceu a morte!

Cântico Congregacional

Chamada à confissão (Atos 5.12)

A salvação só pode ser conseguida por meio dele. Pois não há no mundo inteiro nenhum outro que Deus tenha dado aos seres humanos, por meio do qual possamos ser salvos.

 

Cântico Congregacional

Oração silenciosa

Oração de confissão

Declaração de perdão (1João 3.16,18)

Oficiante: Sabemos o que é o amor por causa disto:Cristo deu a sua vida por nós. Por isso nós também devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos.  

Povo: Meus filhinhos, o nosso amor não deve ser somente de palavras e de conversa. Deve ser um amor verdadeiro, que se mostra por meio de ações

Saudação da paz

Cânticos de Louvor

Oração por iluminação

Leitura do Antigo Testamento Salmo 23

Leitura do Novo Testamento Atos 4.5-12; 1João 3.16-24; São João 10.11-18

Proclamação da Palavra Atos 4.5-12; Salmo 23; 1João 3.16-24; São João 10.11-18

Afirmação de fé Credo na linguagem de hoje

Cremos que Deus caminha conosco e nos protege. Cremos que sua força e bondade são maiores que nossa fraqueza. Cremos que Jesus Cristo está vivo entre nós, sempre disposto a amar-nos e a orientar-nos. Cremos na sua Palavra, registrada nas Escrituras. Estamos comprometidos com ele, e, por sua causa, com a felicidade de todos os homens. Cremos que o Espírito Santo age em nós; cremos que é força, sustento e bondade em nossa vida. Por isso, buscamos a integridade de caráter, a vida de paz e de justiça. Buscamos a promoção da fraternidade, tendo no amor o nosso distintivo. Assim Deus nos ajude!

Ofertório

Cântico Congregacional

Oração de Intercessão

Convite à mesa (Mateus 28.18)

O Mestre manda dizer: A minha hora chegou. Os meus discípulos e eu vamos comemorar a Páscoa na sua casa.

Oração do Senhor

Instituição da Ceia do Senhor

O Partir do Pão

Comunhão do povo

Oração após a Comunhão

Envio (1João 3.24)

Quem obedece aos mandamentos de Deus vive unido com Deus, e Deus vive unido com ele. E, por causa do Espírito que ele nos deu, sabemos que Deus vive unido conosco

Bênção

Amém

Poslúdio

Pastorais

Avisos

Recessional

 

Anúncios
Multimídia

Verdade sim, razão nem sempre

Multimídia

Serie Vitória: Vitória sobre a morte

Artigos, Sermões

Viva em paz

Eu, o SENHOR Todo-Poderoso, tinha ordenado isto ao povo: “Sejam honestos e corretos e tratem uns aos outros com bondade e compaixão. Não explorem as viúvas, nem os órfãos, nem os estrangeiros que moram com vocês, nem os pobres. E não façam planos para prejudicar os seus patrícios.” Porém eles se revoltaram e não quiseram obedecer. Viraram as costas para mim e taparam os ouvidos para não ouvir as minhas ordens. (Zacarias 7.9-11) NTLH

O livro do profeta Zacarias foi escrito com o propósito de denunciar a infidelidade do povo de Javé que retornara do exílio e que não cumpria suas obrigações. Entre denúncias e palavras de exortação, Zacarias encoraja o povo a se arrepender e a permanecer fiel a Javé. O capítulo 7 é um convite ao arrependimento e aponta para o jejum que agrada a Javé. É no capítulo 7, ainda, que Zacarias aponta a razão do cativeiro: a desobediência. As palavras de Javé, no início do verso nove, são diretrizes de como o povo deveria agir. Estas palavras que quero destacar para nossa meditação hoje.

Continue lendo “Viva em paz”

Litúrgias

Ano litúrgico B – 03 – Ciclo Pascal – 10 – 3º Domingo da Páscoa

Ano litúrgico B – 3º Domingo da Páscoa – Cor litúrgica: Branca – Leituras: Atos 3.12-19; Salmo 4; 1João 3.1-7; Lucas 24.36b-48

Processional

Prelúdio

Saudação (Saudação pascal, de Rev. Giovanni Alecrim)

Em nome do Pai, nosso Deus criador, em nome do Filho, nosso Salvador, em nome do Espírito Santo, nosso Consolador, nos reunimos para celebrar a vitória da vida sobre a morte. Sejam bem-vindos e bem-vindas à casa de Deus.

Oração de Adoração

Chamada a Adoração (Salmo 51.1a, 3)

Oficiante: Ó Deus, defensor dos meus direitos, responde-me quando eu te chamar

Povo: Lembrem que o Senhor Deus trata com cuidado especial aqueles que são fiéis a ele; o Senhor me ouve quando eu o chamo

Cântico Congregacional

Chamada à confissão (Atos 3.19)

Portanto, arrependam-se e voltem para Deus, a fim de que ele perdoe os pecados de vocês.

Cântico Congregacional

Oração silenciosa

Oração de confissão

Declaração de perdão (1João 3.1-3)

Oficiante:  Vejam como é grande o amor do Pai por nós! O seu amor é tão grande, que somos chamados de filhos de Deus e somos, de fato, seus filhos.

Povo: É por isso que o mundo não nos conhece, pois não conheceu a Deus. Meus amigos, agora nós somos filhos de Deus, mas ainda não sabemos o que vamos ser.

Oficiante: Porém sabemos isto: quando Cristo aparecer, ficaremos parecidos com ele, pois o veremos como ele realmente é. E todo aquele que tem essa esperança em Cristo purifica-se a si mesmo, assim como Cristo é puro.

Saudação da paz

Cânticos de Louvor

Oração por iluminação

Leitura do Antigo Testamento Salmo 4

Leitura do Novo Testamento Atos 3.12-19; 1João 3.1-7; Lucas 24.36b-48

Proclamação da Palavra Atos 3.12-19; Salmo 4; 1João 3.1-7; Lucas 24.36b-48

Afirmação de fé do Livro de Oração Comum, 1549

Creio em Deus, o Pai, que me criou e criou o mundo. Creio em Deus, o Filho, que me redime e redime todos os homens. Creio em Deus, o Espírito Santo, que me santifica e santifica a todos os eleitos de Deus.

Ofertório

Cântico Congregacional

Oração de Intercessão

Convite à mesa (Lucas 22.14-16)

Quando chegou a hora, Jesus sentou-se à mesa com os apóstolos e lhes disse: – Como tenho desejado comer este jantar da Páscoa com vocês, antes do meu sofrimento! Pois eu digo a vocês que nunca comerei este jantar até que eu coma o verdadeiro jantar que haverá no Reino de Deus.

Oração do Senhor

Instituição da Ceia do Senhor

O Partir do Pão

Comunhão do povo

Oração após a Comunhão

Envio (Deus nos convida a viver, de Rev. Giovanni Alecrim)

Deus nos convida a viver. Como povo alegre e unido em amor. Deus nos convida a ser. Como povo solidário e arrependido. Deus nos convida a viver. Como povo dedicado ao seu louvor.

Bênção

Amém

Poslúdio

Pastorais

Avisos

Recessional