Multimídia

Despedida

Anúncios
Artigos

Mudança

Somos temporais. Lidamos com o tempo e, muitas vezes, lutamos com ele. O tempo passa. O sábio escreveu “E sei que tudo que Deus faz é definitivo; não se pode acrescentar ou tirar nada. O propósito de Deus é que as pessoas o temam” (Eclesiastes 3.14). Tudo o que Deus faz é definitivo. Ele assim o determinou e assim acontece. Um pouco antes, o mesmo sábio afirmou que “E, no entanto, Deus fez tudo apropriado para seu devido tempo. Ele colocou um senso de eternidade no coração humano, mas mesmo assim ninguém é capaz de entender toda a obra de Deus, do começo ao fim. Concluí, portanto, que a melhor coisa a fazer é ser feliz e desfrutar a vida enquanto é possível” (Eclesiastes 3.11-12).

A melhor coisa a se fazer é ser feliz. A nossa vida, por vezes, toma rumos inesperados. Deus nos conduziu, em 2013, de São Paulo para Araraquara. Aprouve a Deus, em 2018, nos levar de volta para São Paulo. Assim, no próximo ano não serei mais pastor da IPI Araraquara, SP, mas assumirei, com a graça de Deus, a IPI Tucuruvi, em São Paulo, SP.

Deus conduziu todo o processo, da decisão de minha saída de Araraquara ao convite pela Igreja do Tucuruvi, ensinando a mim e minha família como confiar e crer que ele tudo provê.

Araraquara estará marcada eternamente em nossos corações. Nosso menino Antônio cresceu até os cinco anos aqui, deu seus primeiros passos e aprendeu suas primeiras palavras. Nosso menino José nasceu aqui, um araraquarense que Deus nos deu para nos ligar eternamente com a cidade que aprendemos a amar.

À IPI Araraquara, minha gratidão por cinco anos de amizade e muita confiança, firmados na Palavra de Deus. Nossa amizade é para a eternidade.

À IPI Tucuruvi, minha gratidão por confiar em mim e pelo convite. Caminharemos juntos, com a graça de Deus!

Estamos de volta à São Paulo.

Família Alecrim
Giovanni, Tatiana, Antônio e José

Litúrgias

Ano litúrgico B – 01 – Ciclo Natalino – 01 – 2º Domingo no Advento

Ano litúrgico B – 01 – 2º Domingo no Advento – Cor litúrgica: Azul – Leituras: Isaías 40.1-11; Salmo 85.1-2, 8-13; 2Pedro 3.8-15a; Marcos 1.1-8

Processional

Prelúdio

Saudação (E o poema se fez carne… – Inês de França Bento em Culto Arte – Celebrando a vida. Ed. Vozes – Petrópolis, RJ – 1999)

E o poema se fez carne e armou uma tenda entre nós, vimos o seu rosto nas cores do arco-íris e os nossos corações flutuaram na luz…

Oração de Adoração

Chamada a Adoração (Espera – Rev. Giovanni Alecrim em “Caixa de Versos”, edição do autor, São Paulo, SP: 2009)

Oficiante: Espero ver a justiça, o amor, o Messias Redentor

Povo: Vejo a luz a anunciar: tenha fé e, sim, verás!

 

Cântico Congregacional

Chamada à confissão (Em nossas dores… – Inês de França Bento em Culto Arte – Celebrando a vida. Ed. Vozes – Petrópolis, RJ – 1999)

Em nossas dores… Sê tu nossa alegria. Em nossas desesperanças… Sê tu nossa certeza. Nas estradas da vida… Sê tu nosso caminho. Amém.

 

Cântico Congregacional

Oração silenciosa

Oração de confissão

Declaração de perdão (Perdoa-nos… – Inês de França Bento e Paulo Roberto Rodrigues em Culto Arte – Celebrando a vida. Ed. Vozes – Petrópolis, RJ – 1999)

Oficiante: Perdoa-nos quando nos achamos sozinhos, únicos na construção de teu Reino.

Povo: Perdoa-nos e transforma-nos em mulheres e homens fraternos, inquietos por tua justiça e famintos da unidade.

Oficiante: Faz-nos apaixonados, sensíveis por teus pobres. Dá-nos a ousadia dos teus profetas, poetas,

Povo: que indicaram tua vontade-verdade, mesmo sem entender, pois o que é loucura para os homens é sabedoria de Deus.

Oficiante: Em nome de Jesus, somos perdoados!

 

Saudação da paz

Cânticos de Louvor

Processional da Palavra e Vela do Advento

Cântico Congregacional

Oração por iluminação

Leitura do Antigo Testamento Isaías 40.1-11; Salmo 85.1-2, 8-13

Leitura do Novo Testamento2Pedro 3.8-15a; Marcos 1.1-8

Proclamação da Palavra Isaías 40.1-11; Salmo 85.1-2, 8-13; 2Pedro 3.8-15a; Marcos 1.1-8

Afirmação de fé (Um dia.. – Carlos Alberto e Inês de França Bento e Paulo Roberto Rodrigues em Culto Arte – Celebrando a vida. Ed. Vozes – Petrópolis, RJ – 1999)

Todos: Um dia a paz e a justiça coroarão nossos mundos sonhados, como eternos namorados; um dia a paz e a justiça sepultarão todos os arsenais; um dia a paz e a justiça serão as palavras finais; um dia a paz e a justiça tirarão de nossos lábios a palavra guerra; um dia a paz e a justiça brindarão o azul deste céu chamado terra; um dia a paz e a justiça acabarão para sempre com a fome; um dia a paz e a justiça serão, para sempre, de todas as nações, o novo nome. Porque um menino nos conduzirá!

 

Ofertório

Cântico Congregacional

Oração de Intercessão

Convite à mesa (Abençoa este pão… – Bispo Pedro Casaldáliga em Culto Arte – Celebrando a vida. Ed. Vozes – Petrópolis, RJ – 1999)

Abençoa este pão, fruto da terra e arte de nossas mãos! Reacende a chama de nossa utopia neste Advento! Fortalece nossa marcha para a terra prometida, da terra para todos, do trabalho com dignidade, da vida em plenitude. Amém.

 

Oração do Senhor

Instituição da Ceia do Senhor

O Partir do Pão

Comunhão do povo

Oração após a Comunhão

Envio (Esperamos aquele que há de vir – Vera Lúcia Chvatal em Culto Arte – Celebrando a vida. Ed. Vozes – Petrópolis, RJ – 1999)

Chegará sem demora e já não haverá temor entre nós… Há de vir o Salvador! Esperamos contra todas as evidências… Que a paz, a sabedoria e a força, inundem os corações dos filhos e filhas de Deus… Transformando a violência em amor… Esperamos olhar o mundo com os olhos cheios de amor… Há de vir o Salvador!

 

Bênção

Amém

Poslúdio

Pastorais

Avisos

Recessional

 

Multimídia

Assim como perdoamos

Artigos

O preço de ser justo

Artigo escrito para a edição de 2 de dezembro de 2017 do Jornal Info o Povo do Estado do Rio de Janeiro.

Qual deve ser a nossa reação diante da corrupção? Quando olhamos para o noticiário e vemos a quantidade de notícias de corrupção, se sobrepondo umas as outras, qual deve ser a nossa reação? Buscar a justiça é diferente de desejar justiça. Quando desejamos justiça, é apenas um desejo, mas quando a buscamos, agimos para tal, e isto nos trará consequências.

Continue lendo “O preço de ser justo”